O roteiro de 12 dias é o ideal para os amantes da tríade voar, comer, conhecer.

Ora pois, esta saindo da sua cidade natal para o mundo, pagando em “cash” ou as parcelas do bendito ticket aéreo da alegria, com direito a bagagem de 23kg despachada, para esmagar dentro do equipo de voo, as mudas de roupas, os remédios para dor de cabeça, garganta, gripe, difteria, faringite, ou qualquer outro infortúnio do organismo. Na dúvida, dizia minha mãe, melhor levar!

E já que estamos em novas terras, que se prolongue a estadia, pois, que se sugue até o tutano da experiência de viajar, que se valorize, pois, cada centavo investido nessa vivência, que sinta-se um andarilho aventureiro do melhor exemplar, mas um pouquinho nutella, claro.

“K” entre nós, essa nossa filosofia é resquício de uma infância, mesmo que distante, das longas viagens acomodados no banco de trás do “pois é” cerejinha do pai. Passávamos mais tempo a olhar o  mato como um borrão na janela, do que no destino propriamente dito. E quando já nos declarávamos nativos daquelas terras em que conhecíamos todos os tatus bolas de todas as pedras levantadas da região. Surge o pai com todas as malas prontas, anunciando a partida. E o retorno vocês sabem, parece que duplica de tamanho.

Com base nesta vasta experiência, declaramos, é preciso tempo para desfrutar da cultura, paisagens, atividades, comidas, povos, dia-a-dia.

É o “Veni, vidi, vici,” nada mais que: vim, vi, venci. São sete dias para voar, voar, subir, subir, de maneira que todo piloto que embarque em nossa Trip Atacama agregue experiência, aprimore técnicas e domínio do parapente, e encha o diário de voo com muitas horas voadas e desenvolvimento esportivo, o foco da viagem. A customização do perfil de cada piloto também contribui para que esse aproveitamento atinja 100%. Do aluno iniciante, com nenhuma experiência, aos pilotos experientes.

Três dias são reservados para mergulharmos no coração pulsante do Grande Norte Chileno. Aldeias remotas, animais andinos, povos andinos, vulcões, salar, águas mornas aquecidas pelo vulcão, paisagens realmente cenográficas, cidades fantasmas, histórias, cultura é o tal comer, voar, conhecer em sua verdadeira essência. Nossa equipe é composta por um instrutor e guia iquiquenho, que soma ainda mais em todas as vivências, sejam elas do idioma, sejam elas na rotina prática de todos os dias, isso faz total diferença na hora de realmente conhecer um país, você estará sendo verdadeiramente abraçado por sua cultura e modo de viver.

Salar de Huasco

Bom, você deve estar pensando: sobraram dois dias ainda. A verdade é que não, pois dois dias refere-se a saída do Brasil e chegada em Iquique e o retorno.

Datas: 16/04/2020 a 27/04/2020

Inscrições aqui.

Dia 01 – Chegada em Iquique

Rampa de Alto Hospício

O primeiro dia iremos buscar você no Aeroporto Internacional Diego Aracema – localizado cerca de 32 km da cidade de Iquique.

Incluso: transporte do aeroporto para a hospedagem, exceto durante  o horário das 00h00min a 06h00min.

Dia 02 – Familiarização com os sítios principais de voo nas imediações de Iquique.

  • Na manhã do primeiro dia iremos realizar o briefing dos pousos na cidade de Iquique, visitando cada um deles, para então subir para a rampa de Alto Hospício, comuna de Iquique.
  • Na tarde iremos para Palo Buque.

Essa é a chamada rotina de Imersão no Voo Livre.

Dia 03 – Imersão no Voo Livre.

  • Manhã: Alto Hospício
  • Tarde: Palo Buque

Dia 04 – Tour Cidades Fantasmas & Termas de Pica

  • Manhã em Humberstone e Santa Laura, as cidades fantasmas.
  • Gigante do Atacama
  • Almoço no Vilarejo de Pica
  • Termas de Pica

Dia 05 – Imersão no Voo Livre

  • Manhã: Alto Hospício
  • Tarde: Palo Buque

Dia 06 – Imersão no Voo Livre

  • Manhã: Alto Hospício
  • Tarde: Palo Buque

Dia 07 – Tour Parque Nacional Vulcão Isluga

  • Vilarejo de Enquelga
  • Termas de Enquelga
  • Geysers de Puchuldiza
  • Chusmiza
  • Lagoa Arabilla
  • Colchane – Vista do Vulcão Isluga que possui 5.300 mts
  • Comuna Colchane

Dia 08 – Imersão Voo Livre

  • Alto Hospício
  • Palo Buque

Dia 09 – Imersão Voo Livre

Dia 10 – Tour pela cidade

  • Zofri
  • Museus
  • Passeios de barco (não incluso o valor do passeio no preço da expedição)

Dia 11 – Último dia livre da expedição

  • Os grupos poderão definir o que querem realizar, pois é o último dia, portanto livre para escolherem o roteiro do dia. Seja descanso, seja passeio, seja voo, seja mergulho.

Dia 12 – Volta para o Brasil

  • Levaremos todos para o aeroporto às 11h00 da manhã.

SUGESTÃO

Havendo o quórum de 3 vans, é possível dividir os participantes com anseios semelhantes, conforme os grupos.

Exemplo: Público que não voa e pretende passear, poderá fica com uma das vans a disposição, enquanto o grupo que voa fica com as demais.

É possível ser acrescentado outros locais de voo, como Tiliviche e San Marcos, ou destinos de passeios, como mergulhos e Salar de Huasco.

Mudanças como estas dependerão da análise e perfil do grupo, uma vez que exigem logística diferenciada, como barcos, pedágios, e não estão calculadas/inclusas no preço da expedição. Tudo dependerá da disposição e vontade do grupo.


IMPORTANTE

O roteiro sugerido poderá sofrer mudanças conforme condições climáticas, performance do grupo, ou mudanças políticas/administrativas dos locais sugeridos.


Inscrições aqui.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui