A diversão começa com diferentes exercícios técnicos que juntos proporcionam condições de aprendizado e consolidam os alicerces da segurança ativa no esporte.

As aulas práticas do curso de parapente ocorrem nas regiões de Campo Largo e Campo Magro, conforme o quadrante de vento no dia da aula.

Essas aulas são chamadas de treinamentos e/ou controle de solo e são realizadas em um gramado cujo o terreno contém áreas planas e plano inclinadas e que permite a realização de pequenos voos desde o primeiro dia de aula. Esses locais de treinamento são denominados nacionalmente de morrote, morrinho, barranco, barranquinho ou escolinha.

São voos de 5, 10,15,20 até 50 metros, conforme as habilidades de controle e domínio do equipamento de voo são desenvolvidas, para que o aluno tenha condições perfeitas de assimilar o processo de decolagem/voo/pouso, executando ambos com tranquilidade, técnica e conhecimento.

Nas aulas práticas do módulo 01 você terá:

  • Avaliação meteorológica;
  • Montagem e dobragem do equipamento;
  • Check list equipamentos, conexão e preparo pré treino / pré voo;
  • Técnicas de decolagem;
  • Técnicas de inflagem / pilotagem, conforme intensidade do vento;
  • Grade de exercícios;
  • Plano de voo;
  • Técnicas de pouso;
  • Cerca de 60 horas de treinos/voos em morrotes de até 50 mts; (alguns necessitam de menos horas e outros mais, dependendo do ritmo e habilidade)
  • Avaliações do desempenho das aulas práticas.
  • Voo de formatura do módulo 01 é realizado no Morro do Cal, que possui 180 mts de desnível e aproximadamente 1.100 mts em relação ao nível do mar.

As aulas práticas do curso de paraglider são organizadas da seguinte forma:

  • Sábados e Domingos – Aulas e Treinamentos solo e voos.
  • Terças e Quintas – Havendo mais de 3 alunos para as aulas práticas, são realizadas das 09h00 até às 11h30.

Obs: O aluno tem liberdade de participar das aulas conforme sua disponibilidade, sendo importante saber que a duração do curso esta diretamente relacionada com:

  • Frequência nas aulas práticas;
  • Ritmo de aprendizado e habilidades desenvolvidas;
  • Condições climáticas.

Obs: Na aviação geral, desportiva ou não é mais importante aprender bem, dominar as técnicas com segurança e conhecimento, respeitar os limites e seu ritmo, do que aprender rapidamente sem domínio. Afinal de contas, é para ser divertido maximizando a segurança.

O piloto que erra decolagem, é frequentemente por falta de treino desses exercícios, eles são a garantia da qualidade de um piloto de excelência e que sabe o momento certo de decolar em diversas condições atmosféricas, mantendo o treinamento durante toda a vida, pois assim além de se divertir muito também saberá exatamente como seu equipamento de voo comporta-se, prevendo reações, realizando planejamentos e atuando corretamente nos comandos.

Aproveitamos o artigo para parabenizar os pilotos e alunos Vento Norte que sempre que possível praticam o treinamento de solo, incentivando e disseminando uma das frases favoritas da nossa escola: “Quanto mais eu treino, mais sorte eu tenho!”

Confira algumas fotos dos pilotos e alunos Vento Norte no treino solo, clicando aqui.

E aí, gostou?

Então venha! Estamos te esperando para compartilhar tudo o que esporte proporciona de bom! Seja bem-vindo(a)!

Você pode agendar uma experimental gratuita para tirar todas as suas dúvidas a respeito do esporte, escola, aulas, segurança e muito mais. Basta preencher esse rápido formulário que estaremos entrando em contato com você.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui